sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Virando Investidor - Grupos de Investimento Intermedium

Olá Viajantes! Mais uma escala com destino a IF!

Quem leu o post sobre Como terminei 2016, pôde ver que estava com uma quantia considerável em poupança, mas aquilo nada mais era do que um CDB do bradesco que tinha resgatado, pois estava usando como Reserva de emergência havia algum tempo.
A questão é que para 2017 resolvi cortar boa parte dos meus custos com custódia, corretagem e taxas bancárias.
Uma das soluções foi criar uma conta em um banco digital e acabei tomando conhecimento dos Grupos de Investimento do Banco Intermedium (através do WhatsApp), logo resolvi resgatar minha aplicação no Bradesco para migrar para lá, com o objetivo de criar minha reserva de emergência com taxas melhores, além de conseguir um  cartão de crédito sem anuidade e cortar esse meu gasto também.

Como funcionam os Grupos de Investimento do Banco Intermedium?



Cada grupo possui uma taxa específica de investimento de acordo com a faixa que o grupo se encontra, essa faixa é estipulada pelo montante total de todos os investimentos individuais dos participantes do grupo, ou seja, se alguém do grupo retirar o valor investido o montante diminui e consequentemente suas taxas para novas aplicações podem diminuir, caso o grupo mude de faixa.

O mais importante é escolher um grupo organizado e que tenha um limite mínimo de investimento para que se alcance a última faixa com folga, tornando os reinvestimentos possíveis.

O que devo saber para entrar em um grupo?


1) Para entrar em um Grupo você precisa fornecer ao responsável pelo grupo o seu CPF e e-mail, por isso não forneça seu CPF antes de ter certeza de que deseja participar do grupo.

2) A única maneira de sair de um grupo é criando o seu próprio grupo, ou seja se você não estiver satisfeito com seu grupo a única maneira de ir para outro grupo atrás de taxas melhores é criando o seu próprio.

3) Nem o responsável pelo grupo, nem os demais participantes poderão ter acesso aos seus investimentos, cada um somente poderá saber a faixa que todo o grupo se encontra, nem o valor exato é possível saber.

4) Ao aplicar no banco com o objetivo de entrar em um grupo para conseguir taxas melhores é aconselhável aplicar em CDB Liquidez Diária, pois você só terá direito as taxas melhores pela faixa de grupo depois que aquele grupo atingir a faixa, logo investindo em CDB Liquidez diária, você pode reinvestir o dinheiro depois que todo mundo já tenha entrado no grupo e assim conseguir melhores taxas, cuidado apenas com o IOF em resgates com menos de 30 dias.

5) Depois de entrar no Grupo, sempre que for investir você deve consultar as Taxas do seu grupo via chat do site do banco, pois é a única maneira de saber em qual faixa seu grupo está e também porque as taxas mudam diariamente.

Como saber em qual faixa meu grupo está?


A única maneira de saber em qual faixa o grupo está é através do chat do banco, ele pode ser acessado pelo site do próprio banco, em seguida você deve informar que deseja verificar a faixa e as taxas do grupo ao qual pertence e o atendente irá lhe informar: 

Acessar o Chat no site do Banco Intermedium
Como perguntar em qual faixa o grupo está

Informar o CPF para a atendente consultar a faixa

Exemplo de tabelas de taxas conforme as faixas do grupo
(essas taxas mudam diariamente) 

Na última imagem a seta azul indica as taxas para a última faixa possível para os grupos, por isso é importante você escolher um grupo organizado e com um responsável comprometido, caso contrário você não irá atingir as melhores taxas para o seu investimento.


Por enquanto tenho gostado da experiência utilizando o banco, no começo você fica um pouco inseguro, principalmente porque as transferências e aplicações se forem feitas depois das 16 horas só aparecerão no app no próximo dia útil, o que pelo fato de ser tudo digital pode levar a uma insegurança, mas é só questão de costume, além disso ao fazer a conta no banco você ganha um cartão de débito e uma caneta personalizada:



Não da para ver, mas na caneta vêm grafado seu próprio nome.


O marujo mais conhecido dos 7 mares dos investimentos fez um post justamente sobre a experiência em criar uma conta no banco Intermedium e como ele pretende fugir das taxas de TED com isso, da uma olhada lá! O link pro blog dele ta aqui do lado no Blogroll, só procurar Marujo Investidor. 

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Como Escreverei - Conteúdo e Ferramentas, o Processo







"Ok Turista, mas e aí, como é que vão ser os posts? fala pra gente" 

Há muito tempo, em uma galáxia muito distante, quando eu comecei a ler blogs sobre finanças, passando horas e horas, dias e dias perdidos em blogs como HCinvestimentos, Senhor Mercado e Além da Poupança, e mais recentemente em Viver de Renda, Viver de Construção, Coreyinvestidor, Abacus Liquid, Valores Reais, entre outros, eu realmente não imaginava nem tinha a pretensão de algum dia seguir no mesmo caminho. Por isso não pretendo aqui, de maneira nenhuma, escrever ou gerar conteúdo sobre assuntos que já foram abordados por esta infinidade de blogs, a não ser que eu tenha alguma visão diferente ou queira acrescentar alguma novidade, pelo contrário, até pretendo criar vários links para qualquer assunto que eu venha comentar que eles já tenham falado sobre, a ideia é facilitar a pesquisa sobre determinado assunto.

Então vamos lá!
Esses são os tópicos que eu pretendo compartilhar com vocês, me baseando neles para manter o foco e a consistência por aqui:



Virando Investidor



Minha saga no mundo mundo das finanças e como eu estou de fato me tornando um investidor de verdade

Na dianteira, sendo objetivo principal e motivo pelo qual o Blog existe, na porta número 1:


# Balanço dos Investimentos 


Como complemento e também de muito valor para meu entendimento final em busca da IF: 


# Carteira e estratégias 

Para fazer o controle usarei, a principio, as planilhas de controle de investimentos e de rendimentos do AdP, que são as melhores e mais utilizadas planilhas para essa finalidade, acredito que todos já usaram alguma dessas planilhas e eu aconselho muito! O Blog dele é parada obrigatória e possui um material muito bom, não a toa é um dos mais reconhecidos na nossa "Finansfera" 



Venda a Descoberto - Ganhando com os erros



Aqui não vamos falar sobre vender ações esperando a sua queda
para ganhar, mas sim das vezes que nossos investimentos se desvalorizaram e a única coisa que fizemos foi ganhar com os nossos erros, aprendendo como não investir na bolsa.

# Ganhando com nossos erros 

Sim, como todos eu também fiz muitas cagadas nessa vida, principalmente tentando ganhar dinheiro, quem nunca? 



Investindo na Vida


"Ow Turista, e as viagens?!"


Muito bem lembrado meu caro colega, não podemos deixar de abordar esse que talvez seja o maior dos investimentos, o motivo pelo qual embarcamos nessa jornada de gráficos, relatórios e balanços financeiros: 

# Experiências de viagens 

Espero que daqui surjam muitas ideias bacanas, estou muito animado! (Espera só daqui a alguns meses, essa empolgação passar)

"Agora, como você vai conseguir fazer isso tudo? trabalhar, investir, viajar ?!?"

# Organização 

Porque quase que eu venho com TOC nessa vida, foi por muito pouco mesmo.. mas deu certo! Porque a gente cansa, desanima, mas no final da a volta por cima (se fosse pra rimar, não rimava essa onda!) 

# Empreendedorismo

Porque empreender é muito mais do que abrir um negócio, empreender é um estado de espírito! 


Tá achando pouco? 

A gente vai mudando isso aqui conforme der, e agora que eu parei pra ler, tô até achando muito! Não sei pra que eu fui inventar, agora aguenta! 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Como terminei 2016 - Virando investidor

Queridos investidores e viajantes!

O final de 2016 foi um marco na minha vida, eu sempre tentei organizar minhas finanças com apps, sites e planilhas, mas nunca tinha achado que esses esforços realmente serviam para alguma coisa, agora no finalzinho de 2016, eu resolvi mais uma vez que esse ano seria diferente e resolvi contabilizar todos os meus gastos de 2016! SIM, deu um trabalho do caramba, foi o preço que eu paguei por não ter feito isso desde o começo do ano, mas só posso dizer pra vocês que VALEU A PENA! 

Valeu a pena porque depois de terminar de contabilizar os meus gastos eu comecei a contabilizar os meus investimentos, acreditem eu tinha parado de fazer isso porque 1) meu HD tinha pifado e levado com ele todas as minhas planilhas (eu nao tinha backup) 2) depois de me recuperar dessa situação acabei perdendo meu notebook de vez (sim, mais uma história triste). A questão é que contabilizei tudo e fiquei muito feliz com o resultado, pois mesmo gastando muito e não me organizando bem acabei acumulando um capital considerável! (imagina as possibilidades para esse ano, se eu me organizar direito!)

Sem contar que decidi tomar vergonha na cara e reduzir meus custos de operação abrindo conta em corretoras e em um banco digital!

Vamos ao que interessa!

Ações


Sei que fica difícil entender todo o processo de como tenho investido até agora, mas não tenho essa pretensão, mas gostaria de esclarecer alguns pontos sobre minhas ações:

ITSA4 - Foi umas das primeiras ações que eu compre quando comecei a operar na bolsa, tem sido minhas ação de experiência, com ela recebo dividendos (poucos), já passei por altas e baixas e até por bonificação. De maneira que eu sei que ela tem uma volatilidade baixa, quando comecei não tinha dinheiro que valesses a pena comprar ITAU, então comprei ITSA4 como uma maneira de comprar ITUB4 descontado. - Objetivo: Longo Prazo

SUZB5 - Sempre acompanhava o sobe e desce das exportadoras no IBOV, mas nunca tinha encontrado uma boa entrada. Em agosto do ano passado teve uma queda muito acentuada e eu não pensei duas vezes, foi a maior alegria de 2016 nos investimentos, mas eu sei que não posso pensar no longo prazo - Objetivo: Trade

BRML3 - Comprei seguindo uma call marota e amarguei prejuízos por alguma tempo, não acompanhava nem seguia os fundamentos da companhia, não faria novamente! Faz parte do aprendizado - Objetivo: Trade

RUMO3, CARD3 - Comprei pensando na valorização agora em 2017 com os juros mais baixos, mas não pretendo ficar por muito tempo, pois também não conheço bem os fundamentos - Objetivo: Trade

VALEO7 - Sim, eu não posso esconder minha queda por opções, fazia muito tempo que não investia, pensei que ja estava curado desse vício, mas não teve jeito, resolvi apostar na contra mão do mercado mais uma vez e vocês vão ver que operar com opções a seco nunca tem um final muito feliz e eu não aconselho para ninguém! Mas não posso esconder minhas falhas, afinal estamos todos em um aprendizado constante! Faz parte do aprendizado - Objetivo: Trade





Tesouro Direto

Em relação ao tesouro também não tenho o que reclamar, tive a oportunidade de pegar algumas taxas relativamente boas, mas já em quedas, eu sempre tive muita dificuldade em ter um dinheiro pronto para quando aparece uma boa oportunidade e isso foi o que me privou de muitos bons investimentos, eu tinha um parte alocado em Títulos indexados a SELIC, mas fiz o resgate ainda em dezembro, então esses valores aparecerão em "Poupança".



Consolidado


Lembrando que esse valor em poupança na verdade foram rendimentos recebidos em dezembro + resgate do Tesouro LFT, e que eu já realoquei agora em janeiro.
Então a carteira consolidada ficou assim:




Conclusão

A ideia ao colocar como terminei 2016 é justamente mostrar para vocês que eu não comecei 2017 do nada, já venho pesquisando sobre investimentos e investindo já a algum tempo, apesar de nem sempre conseguir manter uma constância, para ser mais preciso em relação a tempo, comecei a me aventurar por esse mundo em 2015, então já fazem 2 anos que eu tento, inclusive ITSA4 que eu considero ter a mais tempo em carteira foi comprada em maio/2015, mas sempre acabo deixando tudo de lado por falta de organização e é essa lacuna que eu pretendo fechar agora em 2017 e para isso também conto com a ajuda de vocês!

Forte Abraço!

domingo, 15 de janeiro de 2017

Porque escrever - Objetivo do Blog, o Começo.




Olá Viajantes!
A Blogosfera de finanças está borbulhando, a cada dia muitos blogs são criados enquanto muitos se vão. Então você pode me perguntar, mas pra que, por cargas d'água, criar mais um blog sobre finanças?

Educação Financeira

Nosso país infelizmente possui uma educação sobre finanças praticamente nula! (Afinal de contas ainda ensinam a contar.. precariamente,  diga-se de passagem..) e ao buscar conhecimento, nada mais justo do que compartilha-lo com o maior número de pessoas interessadas possível,  nada mais justo, sem falar que ao escrever aqui pretendo multiplicar ainda mais o conhecimento que vou adquirindo em busca da minha independência financeira.
Então, vamos aprender juntos e ensinar nossos pais, irmãos, amigos, cachorros, papagaios..


Aprendendo com nossos erros

Se tem uma coisa que todas as pessoas de sucesso colecionaram aos montes foram erros, não se engane, errar é um passo importante do aprendizado, mas se tem uma coisa que diferencia as pessoas de sucesso das pessoas normais, é o fato de que elas não só aprenderam com os próprios, mas também com os erros dos outros, isso pode nos poupar um tempão!
Se alguém já errou, aprendeu com aquele erro e compartilhou o aprendizado, porque temos que teimar em cometê-lo  novamente? Não! Vamos cometer outros erros! Nossos próprios erros nessa viajem para o sucesso e para a tão sonhada Independência Financeira.


Controle do patrimônio e aportes

E nessa jornada, como vocês podem perceber através dos ensinamentos de toda a comunidade financeira, uma coisa indispensável é a organização e disciplina,  muito já foi falado e provavelmente muito ainda será falado a respeito. Uma das coisas que me motivou em registrar minhas simples palavras foi justamente esse compromisso que é criado e me obrigará a sempre atualizar e fazer o acompanhamento do crescimento do meu patrimônio e o controle dos aportes, se eu não escrever, sintam-se livres para encher o meu saco me perturbar.


Mais do mesmo

Acredito que aqui na finansfera quantos mais formos, melhor seremos
Juntos somos mais fortes!
Nada melhor do que cativar companheiros com um mesmo objetivo em comum, compartilhando dificuldades e soluções, cada um que subir um degrau ajudará o próximo que está por vir!


Então será uma eterna mesmice?

Tenha calma meu jovem, nem todos pretendem alcançar o mesmo objetivo da mesma forma,  o caminho também importa! a jornada é importante e diz muito sobre nós mesmos, por isso aqui vamos falar também de viagem, porque como todo mundo que quer ter uma vida boa, nos queremos ter uma vida boa viajando,  DESDE JÁ!


Viajar ou investir?  Se decida!

Na dúvida,  os dois! Pra quer abrir mão do bom da vida? Não precisamos ser todos uns "tio patinhas" e só juntar dinheiro eternamente. Vamos juntar dinheiro e gasta-lo também, afinal de contas viajar é investir em si mesmo! (Nossa, tô muito filósofo hoje!)


Viajar investindo!

Sim! Entre um investimento acertado e outro, vamos nos presentear com viagens. Procurando o melhor entre ações, fundos imobiliários e sem esquecer nossa reserva de emergência,  vamos montar nossa carteira dividindo-a entre aumento de capital e fluxo de caixa. Uma boa ideia?  Só o tempo dirá!

Embarque você também nessa viajem!

Receba por e-mail